JESUS É BOM!!!

JESUS É BOM!!!
Família - Milagre de Deus

NA LUTA CONTRA O PECADO

NA LUTA CONTRA O PECADO
Por AMOR ao PECADOR ARREPENDIDO...

IBNV SOBRADINHO

IBNV SOBRADINHO
Nossa IGREJA...

NÃO SE ACANHE, COMENTE!!!

NÃO SE ACANHE, COMENTE!!!
Respondo em BREVE...

As "assírias" e os "restantes de Israel"

ISAÍAS 10:20-27

20 E acontecerá naquele dia que os restantes de Israel, e os que tiverem escapado da casa de Jacó, nunca mais se estribarão sobre aquele que os feriu; antes estribar-se-ão verdadeiramente sobre o SENHOR, o Santo de Israel.
21 Os restantes se converterão ao Deus forte, sim, os restantes de Jacó.
22 Porque ainda que o teu povo, ó Israel, seja como a areia do mar, só um remanescente dele se converterá; uma destruição está determinada, transbordando em justiça.
23 Porque determinada já a destruição, o Senhor DEUS dos Exércitos a executará no meio de toda esta terra.
24 Por isso assim diz o Senhor DEUS dos Exércitos: Povo meu, que habitas em Sião, não temas à Assíria, quando te ferir com a vara, e contra ti levantar o seu bordão à maneira dos egípcios.
25 Porque daqui a bem pouco se cumprirá a minha indignação e a minha ira, para a consumir.
26 Porque o SENHOR dos Exércitos suscitará contra ela um flagelo, como na matança de Midiã junto à rocha de Orebe; e a sua vara estará sobre o mar, e ele a levantará como sucedeu aos egípcios.
27 E acontecerá, naquele dia, que a sua carga será tirada do teu ombro, e o seu jugo do teu pescoço; e o jugo será despedaçado por causa da unção.


Este trecho do Livro de Isaías nos fala de promessa que Deus faz aos “restantes de Israel” e aos “que tiverem escapado da casa de Jacó” (10:20). Promessa de terem suas cargas tiradas de seus ombros e o jugo de seu pescoço despedaçado (10:27), desde que estejam verdadeiramente estribados (montados e firmemente apoiados) e convertidos ao Deus forte, ao SENHOR, o Santo de Israel (10:20).
Naquele tempo, o povo de Israel estava causando ira ao SENHOR por causa da soberba e da altivez de seu coração (9:9), da hipocrisia (10:6), idolatria (10:11) e ganância (10:7). Estando cheios de si mesmos, comparavam-se ás nações (10:8-9) e intentavam guerras e destruição contra outros povos (10:7) a fim de tomar-lhes o território, mas tudo isto estava completamente fora da vontade do SENHOR, pois o povo não mais buscava a Deus (9:13), e o pecado os havia afastado da presença do Pai.
Deus revela a Isaías que usaria outra nação, a Assíria, como instrumento de castigo para Israel, enviado para “que lhe roube a presa, e lhe tome o despojo, e o ponha para ser pisado aos pés, como a lama das ruas.” (10:6).

Perder a presa significa perder aquilo que se achava certo, dominado. Significa perder de uma hora para outra aquilo que estava em suas mãos e dava sensação de auto-suficiência. Como um pequeno animal que caçou seu jantar, estava pronto para devora-lo, mas tem seu alimento roubado por outro animal muito mais poderoso que ele.
Não sei se comparar Israel e Assíria com animais é apropriado, mas me parece uma boa metáfora. Sei que metáforas têm seus limites, mas quero analisar os sentimentos. Ficar sem a presa, ver-se impotente, humilhado e nu quando antes era forte, poderoso e rico não é fácil de assimilar. Ao vencedor cabia tomar o despojo (10:6), ou seja, todas as riquezas que haviam foram tomadas. Israel estava acabado, humilhado, “pisado como a lama das ruas”.
Você já se sentiu assim? Derrotado, despojado, humilhado, pisado? Já sentiu que perdeu o prazer de viver? Já houve situações em sua vida que você estava por cima, no controle e de repente tudo desabou?
Saiba que a Assíria foi um instrumento na mão de Deus para tornar a trazer Israel à razão. E você? Tem reconhecido as “assírias” em sua vida?
Você é o povo de Deus, você é Israel e por mais que esteja afastado d’Ele, ou nunca tenha estado n’Ele, ainda dá tempo de mudar de rumo. Deus nos ama incondicionalmente e eternamente, e nunca desistirá de ti. Mesmo que Ele permita que as “assírias” invadam sua vida e te roubem a presa que está em suas mãos, te despojem de tudo o que tens e te pisem como a lama das ruas, saiba que Deus te deixou uma promessa: a Assíria será abatida e a tua vida restaurada.

“Por isso acontecerá que, havendo o Senhor acabado toda a sua obra no monte Sião e em Jerusalém, então castigarei o fruto da arrogante grandeza do coração do rei da Assíria e a pompa da altivez dos seus olhos.”  Isaías 10:12.

Este verso diz então que depois de acabada a obra em Sião e Jerusalém, no coração de Israel, o Senhor castigaria a Assíria, pois não soube seu rei reconhecer que a sua vitória foi permissão do Senhor (10:15), e Deus faria seus gordos(fartos) definharem e sua glória incendiar (10:16). A Assíria queimará e a “glória de sua floresta será consumida desde a alma até o corpo” (10:18).
Israel era muito numeroso, tantos quanto grãos de areia no mar (10:22), mas uma destruição estava determinada por meio de toda a terra, transbordando de justiça (10:22-23) para aqueles que não se convertessem. Então somente os que resistiram e se converteram de seus caminhos, não temeriam quando a Assíria lhes ferisse (10:24), confiando no cumprimento da indignação e da ira do Senhor (10:25). Aqueles que se voltaram a Deus e se tornaram “resíduos de Israel” e “escapados da casa de Jacó”, verdadeiramente estribados (montados e firmemente apoiados) e convertidos ao Deus forte, ao SENHOR, o Santo de Israel (10:20), somente estes teriam suas cargas tiradas de seus ombros e veriam o jugo de seu pescoço despedaçado por causa da unção (10:27).

Nossa vida está cheia de “assírias”. Dívidas, doenças, drogas, vícios (tabaco, álcool, jogo), prostituição, homossexualismo, adultério, fornicação, violência, morte, muitas heresias e falsas doutrinas. Tudo acontece sempre pela permissão de Deus. Devemos confiar, crer, esperar e tomar posse da palavra de Deus que diz:
-“Povo meu, que habitas em Sião, não temas à Assíria[...]porque daqui a bem pouco se cumprirá a minha indignação e a minha ira, para a consumir[...]e a sua carga será tirada do teu ombro, e o seu jugo do teu pescoço”

-“Mas espere um momento... Está faltando algo... Onde está Jesus? Até agora não ouvi falar n’Ele...”

Desde crianças gostamos de deixar o melhor para o final, como a cereja do bolo... Então saboreie! Jesus Cristo é a unção do verso 10:27. Oh Glória! É Ele que vai tirar a carga do meu ombro e quebrar o jugo do meu pescoço!!! A Sua unção, Seu óleo, Seu amor, Sua misericórdia e Sua graça agora estão sobre mim! Sobre você!

Veja o que o profeta escreve logo em seguida, no capítulo 11:

1 PORQUE brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará.
2 E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do SENHOR.
3 E deleitar-se-á no temor do SENHOR; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos.
4 Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio,
5 E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins.
[...]
10 E acontecerá naquele dia que a raiz de Jessé, a qual estará posta por estandarte dos povos, será buscada pelos gentios; e o lugar do seu repouso será glorioso.
11 E há de ser que naquele dia o Senhor tornará a pôr a sua mão para adquirir outra vez o remanescente do seu povo, que for deixado, da Assíria, e do Egito, e de Patros, e da Etiópia, e de Elã, e de Sinar, e de Hamate, e das ilhas do mar.
12 E levantará um estandarte entre as nações, e ajuntará os desterrados de Israel, e os dispersos de Judá congregará desde os quatro confins da terra.


Nos dias de Isaías, Deus usou a Assíria para afligir seu povo a fim de que ele se arrependesse e se convertesse. Hoje Deus permite que as “assírias” te atropelem para que você reconheça que não é nada sem Ele. No tempo de Isaías, alguém arrependido devia pagar por seus pecados e desobediências com um sacrifício de sangue, um pequeno animal entregue ao sacerdote do templo para aspergir sangue sobre o altar. Hoje, Jesus já pagou pelo teu e pelo meu pecado. Ele foi o último de derradeiro sacrifício, o “cordeiro” que o próprio Deus providenciou para aspergir sangue sobre o altar.
“Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça,” Efésios 1:7.

Jesus Cristo, ao morrer na cruz e ressuscitar pagou pelos nossos pecados e venceu a morte para provar que era o Filho de Deus.

“E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno.” Apocalipse 1:18.

Hoje a salvação não depende de sacrifícios de sangue, pois já foi feito. Hoje a salvação é pela fé.
“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.” Efésios 2:18.

Apenas creia, tenha fé e pelo sangue derramado por Jesus Cristo, sua salvação da sua alma estará garantida para a eternidade.
Mas não esqueça que toda a glória e poder pertencem a Ele, não vá ser como o rei da Assíria que acreditou na sua própria força. Não há salvação sem Jesus.

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” João 14:6.


Deus os abençoe...

Matheus



Creative Commons License

0 comentários: