JESUS É BOM!!!

JESUS É BOM!!!
Família - Milagre de Deus

NA LUTA CONTRA O PECADO

NA LUTA CONTRA O PECADO
Por AMOR ao PECADOR ARREPENDIDO...

IBNV SOBRADINHO

IBNV SOBRADINHO
Nossa IGREJA...

NÃO SE ACANHE, COMENTE!!!

NÃO SE ACANHE, COMENTE!!!
Respondo em BREVE...

A Verdadeira Paz



“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; eu não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” João 14:27

No culto de hoje à noite, Deus falou através da nossa amada Irmã Leonilda Y Castro, e o texto base de sua preleção foi este, João 14:27. Verso que nos fala de Paz. Vou tentar passar aqui um pouco da bênção da Palavra que recebemos.

Não é fácil falar de paz nos dias de hoje, porque é difícil definir o que é paz. Se eu perguntasse “O que é paz?” tenho certeza que ouviria respostas como: “paz é não estar em guerra”; “paz é viver sem conflitos”; “paz é não brigar com ninguém”; “paz é não ter preocupações”.

Realmente, uma das definições mais conhecidas de “paz” é a “ausência de guerras”, ou seja, paz é a ausência de conflitos. Vem então a minha mente a imagem de um homem sentado num pequeno barco em um lago, tranquilamente manejando sua vara de pescar e fisgando alguns peixes para o jantar, enquanto sua esposa o observa serenamente da varanda de casa, onde ela calmamente serve alguns copos de limonada para seus filhos que brincam no verde gramado à beira do lago, tudo debaixo de um céu imensamente azul...

Esta cena bucólica parece definir o que é viver em “paz” para você? Sem preocupações, sem problemas, sem dívidas, sem doenças, sem brigas, sem conflitos, sem guerras, sem contradições...

Sinto muito, mas esta cena não define o que é “paz”. E nem de perto mostra o que é a “paz” que Jesus Cristo nos deixou.

Jesus disse: “não vo-la dou como o mundo a dá...” e é exatamente isto que Ele quis dizer, que a paz que o mundo ensina não é a verdadeira paz, mas sim uma paz que aparece travestida de “mundo perfeito”, fútil, fugaz e vazia. A paz que o mundo oferece é aquela falsa sensação de segurança e bem estar trazido por uma situação financeira favorável, um bom emprego, uma casa confortável, um bom carro, uma situação familiar estável, vivendo em um país que não esteja em guerra, enfim...

Isto não é “paz”.

Para desvendarmos o que é a verdadeira paz vamos olhar o contexto do capítulo 14 de João. Em praticamente todo o capítulo, Jesus Cristo nos  fala de um relacionamento com Deus, observe:

“não se turbe vosso coração, crede em Deus, crede também em mim”. Vs 1
“eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai a não ser por mim”. Vs 6
“Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço”. Vs 12
“Se me amardes, guardareis os meus mandamentos”. Vs 15
“ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre”. Vs 16
“Não vos deixarei órfãos; voltarei a vós”. Vs 18
“Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama”. Vs 21
“Quem não me ama, não guarda as minhas palavras”. Vs 24
“o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito”. Vs 26
“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; eu não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração...”. Vs 27

Portanto, quando entendemos o contexto  em que o verso 27 está incluído, notamos que Jesus Cristo está falando do relacionamento entre o homem e Deus. “Creiam”, “amem”, “guardem”, “peçam”, “permaneçam” são palavras usadas por Jesus antes de anunciar “deixo-vos a minha paz”.

Parafraseando Jesus Cristo: “Creiam em Deus, creiam em mim, porque eu estou no Pai, e o Pai está em mim. Não tenham medo porque na casa de meu Pai há muitas moradas preparadas para aqueles que me amam e Eu sou o caminho, a verdade e a vida e de nenhuma outra forma verão a Deus, senão por mim, seu filho. Creiam em mim e creiam naquele que me enviou e vocês farão ainda grandes obras. Peçam, em meu nome e lhes será concedido para que o Pai seja glorificado no filho. Guardem meus mandamentos, pois aquele que os guarda mostra seu amor por mim. Vivam com confiança e Eu rogarei ao Pai e Ele lhes enviará o Espírito Santo, que estará permanentemente com vocês para vos lembrar de tudo o que lhes falei. Esta é a paz que vos deixo,a minha paz, não a paz que está no mundo. Não tenham medo e nem se angustiem, porque eu vou, mas voltarei para vocês...”

Concluímos que a verdadeira paz está em vivermos um correto relacionamento com Deus, confiando, guardando seus mandamentos, amando, esperando e crendo nas palavras do SENHOR.

Não significa, portanto, que não teremos lutas ou dificuldades. Significa sim que, mesmo em meio à maior tempestade, descansamos nos braços do SENHOR porque vivemos na paz que Ele nos deixou. A mesma paz que foi anunciada aos pastores quando Jesus Cristo nasceu (Lucas 2:14) e a paz que Jesus declarou aos discípulos após sua ressurreição (Lucas 24:36).

Vivamos em paz, na verdadeira paz. Um relacionamento fiel com Deus através de Seu filho Jesus Cristo.

Receba a Jesus como seu SENHOR e SALVADOR.



Em Cristo, SEMPRE...
Pb. Matheus Souza

Tá, tá... sou um pai babão...

Em nossa Igreja existe um trabalho muito bom desenvolvido com os jovens e liderado pelo Ir.Quelvin Jornada que se chama Ministério de Coreografia PROCLAMAR.
Neste último sábado e domingo eles se apresentaram com uma coreografia em homenagem ao "Dia do Gaúcho", mas evangelizando através de um louvor coreografado, lindo, lindo!
Mas esta postagem é a do legítimo "papai babão", pois minha filha participa e está linda dançando (observe a prendinha de rosa).
Parabéns a todos os irmãos e irmãs envolvidos nesta linda apresentação (Kauan, Silas, Douglas, Joice, Paola e Sylvia) e Glórias ao SENHOR nosso Deus que foi honrado e exaltado com graça e beleza.



Em Cristo, SEMPRE...
Pb. Matheus Souza

Mestre...





Mestre...
(corrigido em 20/06/12)

E, aproximando-se um escriba, disse-lhe: - Mestre, aonde quer que fores, eu te seguirei.
- As raposas tem covis e as aves do céu tem ninhos, mas o filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.
Mateus 8:19-20

            Escriba, olhe para mim, Eu sou Jesus Cristo, o Filho de Deus e das coisas que pertencem a este mundo eu nada vou lhe oferecer, pois estou neste mundo, mas deste mundo não sou. As riquezas que anuncio não estão ao alcance dos olhos humanos e tudo o que tenho a dizer por ora é que, se você estiver disposto a me seguir, garanto que terá uma vida de alegria e paz no Espírito Santo, mas também cheia de renúncias e privações. Creia quando digo que contigo eu sempre estarei. Não será fácil caminhar ao meu lado, pois lutas e perseguições serão uma constante, e em alguns momentos, as tribulações serão tantas que farão você ansear por um lugar de descanso, um lugar de refúgio, como o ninho das aves dos céus ou o covil escondido e seguro das raposas. Mas, assim como Eu, você não terá sequer uma pedra para recostar sua cabeça.
            Eu e apenas Eu serei o seu refúgio e a sua fortaleza. Serei seu descanso, pois carregarei o pesado fardo que está sobre ti, se me seguires. Descanse em mim. Me seguindo, tu viverás para mim. Me amarás de todo o teu coração, toda a tua alma e todo o teu entendimento. Me amarás acima de todas as coisas e renunciarás a tudo sem olhar para trás, sem lamentar, pois o Reino de Deus, este que vos anuncio, é maior e mais importante que tudo.
            Seguir-me significa que deixará a você mesmo, abrirás mão de tudo o que um dia foi importante pra você, a fim de que mergulhes de cabeça na missão que eu te darei, a de ir pelas nações anunciando o meu Evangelho a toda a criatura. E o meu Evangelho, a minha promessa e boa-nova é que Eu vou morrer por você e por todos os homens. Eu me deixarei matar sendo inocente, e conforme a vontade do meu Pai serei o último cordeiro, o Cordeiro de Deus. Eu vou pagar o preço do teu pecado com a minha morte, com o derramar do meu sangue. E é este o Evangelho que você anunciará. A declaração do amor de Deus por todos os homens através do sacrifício de seu unigênito filho. E é importante que você espalhe esta semente, pois através do seu testemunho e do Consolador que será enviado pelo Pai, tocarei corações e chamarei outros para me seguirem.
            Olhe, neste mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, pois eu vencerei o mundo, você verá. É inevitável e necessário que as profecias se cumpram: que eu seja pendurado no madeiro  e levantado como Moisés levantou a serpente de bronze no deserto. Assim, como no deserto, todo aquele que olhar para mim e clamar, crendo e confessando que Eu, Jesus, sou o Filho de Deus vindo em carne, recebendo-me como seu Senhor e Salvador, pela sua fé será salvo dos seus pecados, e  também será chamado Filho de Deus, e me seguirá. Eu entrarei pela porta do seu coração e com ele cearei, e ele comigo.
            Seja firme, persevere e permaneça em mim, pois ao que vencer eu darei do maná escondido. Ao que vencer eu darei de comer da árvore da vida, que está no paraíso de Deus. Ao que vencer eu darei a coroa da vida e concederei que se assente comigo no meu trono, eternamente...

            Vem e segue-me!

Jesus Cristo
O Salvador

_________________________________________________________________________________

Em Cristo, SEMPRE...
Pb.Matheus Souza